.

Como montar um bom cronograma?

Prof. Sabrina

Prof. Sabrina

Um cronograma de estudos funciona como um guia para sua organização diante do vestibular que vem aí. É como um passo a passo de tudo que você precisa para estudar, de forma eficiente, até a prova, sendo essencial se você quiser uma estratégia eficiente. 

Para montar um bom cronograma é preciso levar em conta os meios essenciais para completar seu objetivo. Se estamos falando de um vestibular, você tem todos os assuntos dentro do conteúdo programático para verificar, além de separar tudo por horários e diferentes etapas como teoria, prática, revisão, resolução de questões, etc. Por esse motivo, separamos aqui os principais passos para montar um cronograma eficiente para sua rotina de vestibulando:

1˚: Entenda sua rotina

Cada estudante tem o seu perfil e suas limitações!! Você é daqueles que acorda cedo ou só depois das 10h? Ainda está indo para a escola ou trabalho? Em qual momento você faz as atividades da casa ou cursos extras?

As principais perguntas a se fazer dependendo do seu perfil são:

  • Quanto tempo por dia consigo me dedicar (de fato) aos estudos para o vestibular? (não importa se são 2h por dia ou 4h, aqui estamos falando de tempo de estudos de QUALIDADE)
  • Em qual momento do dia posso me direcionar a esse objetivo (manhã, tarde, noite)?
  • Em quanto tempo planejo completar esse preparo?
  • Em quais momentos e dias terei meu descanso? (lembrando que este é essencial!! seu esforço é importante mas sempre lembrando que somos finitos e precisamos de pausas para recuperar o foco e forças)

Para conseguir manter as respostas a essas perguntas é preciso foco, determinação e apego a rotina, viu?

2˚: Escolha um método

A ideia de um método de estudos está ligada a forma como você vai realizar esse processo. E vai do jeito que você preferir! Você pode começar vendo vídeo aulas e depois fazendo questões, pode ler sobre o assunto e depois criar mapas mentais e fichamentos, pode realizar de cara os exercícios e aí dependendo da sua dificuldade partir para a revisão de algum tópico.

Também pode variar por horários: 1h de estudos com 15 min de pausa, 30-45 min de estudos com 5 de pausa e um dos mais famosos seria o método Pomodoro, com sequências de 25 min de estudos com um intervalo de 5 min entre elas.

Escolha um método de acordo com as suas experiências na escola, quando você estudou para as provas do bimestre. O que fazia que dava certo? Acha que pode melhorar em alguma parte? A hora é agora. 

3˚: Divida os Assuntos

Se está se preparando para o vestibular, precisa pegar o edital com os conteúdos que serão abordados na prova. Sendo um Vestibular regional ou o Enem, as instituições informam os temas que cairão nas questões, dentro de Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia, Biologia, Química, Física, Língua Estrangeira, Filosofia e Sociologia. 

Fique atento se sua prova tem fases objetivas e discursivas, além claro da Redação (precisa se organizar e encaixar esta na sua rotina de estudos, sem falta).  

4˚: Organização

Além de separar todas as etapas dos seus estudos e colocar datas é preciso uma organização pessoal. Entender em qual lugar da casa ou da escola você se concentrará nesse objetivo, tirar o máximo que der de distrações e manter sempre com você instrumentos que aumentem seu FOCO (e eu não tô falando daquela cadeira gamer ou de um computador cheio de LED não). Pra estudar de forma efetiva você precisa do básico: livros e materiais e um ambiente confortável. Pense sempre nisso e mantenha o apego aos seus horários, inclusive os de descanso!

Bom, pra começarmos a estudar acho que tá de bom tamanho ein? Colocando essas dicas em prática sei que você já vai ser capaz de se familiarizar com o ambiente do vestibular e mandar ver nos estudos!!

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prof. Sabrina

Prof. Sabrina

Atalhos